O Brasil tem a internet mais cara da América Latina. Essa é a conclusão de um levantamento da plataforma de descontos online CupomValido.com.br a partir de dados da Speedtest e do Statista sobre o preço e a velocidade da navegação no mundo.

Para avaliar o preço, foi criada uma média que considera o poder de compra de cada país. Depois, avaliou-se a quantidade de horas de trabalho necessária para adquirir o plano de internet mais barato de cada localidade.

A conclusão foi que, no Brasil, é necessário trabalhar 6 horas e 51 minutos para pagar a opção mais barata disponível no país. Isso coloca o país na 78ª colocação entre os 110 países pesquisados e a liderança na América Latina.

Em termos globais, o pior colocado é a Nigéria: lá, é preciso trabalhar cerca de 35 horas para adquirir o plano de conexão mais barato. Israel, por sua vez, tem a internet mais barata — basta trabalhar cerca de 19 minutos por mês para conseguir o plano básico.

Velocidade de conexão

O Brasil aparece na terceira posição em conexão mais rápida da América Latina, com velocidade média de 90,16 Mbps. O país fica atrás apenas de Chile, com 197,59 Mpbs, e Uruguai, com 91 Mbps.

O Chile garantiu a primeira colocação mundial em velocidade. Já a conexão mais lenta é do Afeganistão, com 1,63 Mbps. Outros países com velocidades baixas são Cuba (1,91 Mbps), Turcomenistão (2,05 Mbps), Iêmen (2,63 Mbps) e Síria (2,9 Mbps).

Via Itatiaia

Shark News by Shark Themes