Um homem que presta serviços como segurança mantinha uma arma de fogo em casa no bairro João XXIII, em São Sebastião do Paraíso.

Este homem ao sair de casa, deixou a arma guardada, um revólver calibre 22, que foi encontrada pelas crianças e começaram a brincar, momento que a arma teria caído no chão e disparado, vindo a acertar a cabeça de outra criança de 7 anos.

O projétil atingiu a região da nuca, atravessou o cérebro e permaneceu alojado. A família ao escutar o disparo, pegou a criança e correu até a UPA.

O Corpo de Bombeiros foi acionado pela UPA para fazer a remoção da criança até a Santa Casa dado a gravidade do caso. Enquanto os Bombeiros preparavam o transporte, a criança sofreu uma parada cardiorrespiratória.

A equipe médica da UPA teve sucesso em reanimar a criança e após estabilizada, foi transferida até a Santa Casa de São Sebastião do Paraíso, onde se encontra em estado gravíssimo.

Shark News by Shark Themes