O caso aconteceu em São Sebastião do Paraíso (MG), e comoveu os moradores do bairro Jardim Itamarati.
Na última segunda-feira (16), o funileiro Elias Souza, foi até a casa de sua irmã Ana Paula, de 39 anos, pois estranhou que ela não havia entrado em contato com seus familiares há dias.
Ele chamou no portão e como estava tudo trancado, estourou o cadeado e arrombou a porta da sala. Na entrada ele já sentiu um forte cheio e foi até o quarto de Ana Paula, onde a encontrou caída, sem vida, com seu corpo em avançado estado de decomposição.
Na cozinha estava o filho dela, de 6 anos, autista, que não conseguiu se expressar para informar o que aconteceu.
A Polícia Militar foi acionada para registrar boletim de ocorrência.
Inicialmente a suspeita era de que Ana Paula teria cometido suicídio e deixado comida pronta, biscoitos e suco, para que o filho se alimentasse. Mas essa hipótese foi descartada com o exame feito no IML, que constatou morte por infarto.
Segundo o laudo, o óbito pode ter ocorrido há mais de 12 dias, pelo estado em que o corpo foi encontrado. Durante esse tempo, o garotinho ficou ao lado da mãe e sozinho, se alimentando do que havia na mesa.
O corpo foi liberado hoje para velório e sepultamento.
Fonte: Correio Sudoeste

Shark News by Shark Themes