O homem que matou a sua esposa com 13 facadas ontem a tarde em Bandeira do Sul é candidato a vereador naquela cidade. Segundo a PM, uma briga de casal por conta de uma geladeira teria sido a motivação do crime.
Adílio Sérgio Gomes de 40 anos é o principal suspeito do crime e está foragido. Ele desferiu golpes de faca contra sua esposa de 34 anos. A equipe de atendimento médico do Hospital de Bandeira do Sul, relatou à equipe policial que a vítima foi encontrada de bruços, sendo necessário virá-la e não apresentava sinais vitais. O local foi isolado e a perícia técnica acionada. O autor trajava bermuda jeans, sem camisa, praticou o crime e deixou o local, tomando rumo ignorado.
A filha do casal, testemunha dos fatos, disse que os pais passaram a tarde em um sítio e acabaram se desentendo por causa da porta de uma geladeira aberta. Posteriormente o casal voltou para casa e ela estava no quarto quando ouviu gritos, se dirigindo ao quintal, momento em que viu sua mãe caída, com as vestes sujas de sangue.
A mãe do autor também presenciou a agressão e foi necessário que ela recebesse atendimento médico. O motivo da briga não ficou claro. A perícia técnica constatou 13 ferimentos de faca, um na região do abdômen, oito na região dorsal, três nas pernas e um na mão.
A arma utilizada, uma faca de 15 cm de lâmina, foi abandonada no local e recolhida pela perícia técnica. O corpo foi removido pela Funerária de Botelhos para o IML de Alfenas. Foi realizado intenso rastreamento, com comunicação às cidades vizinhas, sem sucesso na prisão do autor, até o momento. Qualquer informação que possa levar até o foragido, denuncie pelo 190 e o sigilo é garantido.

Shark News by Shark Themes