Após receitar chicote de couro cru a uma paciente que procurou atendimento, o médico I.G.M.A. foi afastado de suas funções no Pronto Atendimento até que o caso seja apurado. A Prefeitura de Carmo do Rio Claro instaurou um processo administrativo para apurar o fato.

O caso aconteceu na tarde da última sexta-feira, 02, quando a idosa M.P.S.S. de 62 aos esteve no Hospital com diabetes alta.

O médico então prescreveu a receita e a senhora se dirigiu a uma farmácia onde foi informada que a prescrição do médico era “chicote de couro cru”. Muito surpresa e nervosa com a situação, a idosa chamou a Polícia Militar e registrou um boletim de ocorrência.

 

Shark News by Shark Themes