Apesar de ter apresentado queda, quando comparado com 2020, MG segue na ponta do ranking em termos de números absolutos. Segundo dados do levantamento, foram 47.754 casos de roubo e furto de celular no ano passado. O estado mineiro fica atrás apenas de São Paulo (289.461) e Pará (60.814).

O crime vem apresentando queda desde 2018. Na época, Minas teve 99.359 registros.

Análise

O roubo e furto de celulares é um dos crimes mais frequentes devido, conforme analisa o especialista Robson Sávio Reis, ao “aumento espetacular da pobreza e miséria no Brasil. “Este fenômeno faz com que pessoas procurem formas de alimentação e uma das coisas mais fáceis de comercializar é o celular”.

“A precarização das condições de vida faz com que as pessoas passem a buscar coisas fáceis de serem vendidas com o objetivo de subsistência”, pontua o integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O aumento de casos também é explicado por Reis pela presença maior de policiais em determinados bairros. “A Polícia Militar (PM) tem atuado no esquema de bases móveis espalhadas pelas cidades e isso facilita o registro de furtos e roubos, pois, geralmente, as pessoas têm preguiça de irem até delegacias e batalhões. A facilidade no acesso melhora a qualidade dos registros”.

Confira os números absolutos de furtos e roubos de celulares em Minas Gerais nos últimos quatro anos:

  • 2018 – 99.359
  • 2019 – 85.855
  • 2020 – 56.856
  • 2021 – 47.754

Números no Brasil

Veja a relação de roubos e furtos de celulares em todo o país no ano passado:

  • Paraíba – 1.789
  • Roraima – 2.217
  • Mato Grosso do Sul – 3.459
  • Acre – 4.829
  • Tocantins – 5.081
  • Rondônia – 7.151
  • Amapá – 8.096
  • Sergipe – 8.500
  • Alagoas – 9.423
  • Rio Grande do Norte – 10.091
  • Rio Grande do Sul – 13.931
  • Santa Catarina – 16.100
  • Mato Grosso – 18.092
  • Piauí – 19.279
  • Maranhão – 22.804
  • Espírito Santo – 26.561
  • Distrito Federal – 27.199
  • Goiás – 28.094
  • Rio de Janeiro – 28.903
  • Paraná – 30.530
  • Amazonas – 36.079
  • Ceará – 36.780
  • Pernambuco – 40.525
  • Bahia – 43.771
  • Minas Gerais – 47.754
  • Pará – 60.814
  • São Paulo – 289.461

Shark News by Shark Themes