Uma alta no preço de alguns itens fundamentais na mesa como arroz, leite e óleo de soja assustou os consumidores. O aumento vêm sendo notado nos últimos meses, se acentuou nos últimos dias. A pandemia e a alta do dólar seriam a razão para a alta expressiva destes itens nas prateleiras dos supermercados.

Em Carmo do Rio Claro a alta vem sendo sentida já há algumas semanas pelos consumidores que procuraram os supermercados da cidade. O preço do pacote de 5 kg do arroz está custando em média R$28,00.

Mas, a alta não está sendo praticada apenas nos supermercados carmelitanos, consumidores de toda a região e até do País já sentiram os preços mais altos.

Outro produto que também sofreu alta recente foi a carne bovina devido a maior procura pelo mercado externo que diminuiu a oferta no mercado nacional e fez os preços alavancarem.

A Associação Brasileira da Indústria do Arroz (ABIARROZ) disse que a alta nos preços está sendo em escala mundial.

O oléo de soja subiu em torno de 14% nas prateleiras e está custando em média R$6,00.

Consumidores que se sentirem lesados podem procurar o PROCON que funciona no prédio da Rodoviária. De acordo com Luis Alfredo Leite, chefe do Procon de Carmo do Rio Claro é preciso levar o cupom fiscal que comprova a compra e o preço supostamente abusivo para ser averiguado.

Shark News by Shark Themes