Após reunião realizada na semana passada com o Comitê de Enfrentamento a COVID-19 identificou-se que o número de fiscais de postura que atualmente trabalham no Município, apenas dois funcionários, é insuficiente para o desenvolvimento das ações relacionadas a COVID-19, especialmente nesse momento em que inúmeras ocorrências de aglomerações têm sido registradas em vários pontos da cidade.

Com isso, a Prefeitura pretende contratar mais cinco fiscais de postura para atuarem na função, haja visto que o trabalho do fiscal de postura vai além das fiscalizações relacionadas a COVID-19, pois, abrange ainda ações na área de terrenos baldios, animais soltos, carros abandonados, entre outros.

Para que a contratação seja efetuada, um projeto de lei foi criado pela Prefeitura e encaminhada para a Câmara Municipal e aguarda a apreciação e votação dos vereadores.

Shark News by Shark Themes