As queimadas, causadas nesse período de seca, podem atrapalhar o processo de fornecimento da energia gerada por Furnas. Se chegar a linhas e torres de transmissão, o fogo pode interromper a chegada da luz aos consumidores finais.

Neste ano, por exemplo, Furnas precisou desligar uma linha atingida pelas queimadas em São José da Barra.

Em 2019, 26 acidentes do tipo foram registrados em Furnas. Por hora, os episódios deste ano ainda não trouxeram prejuízos concretos ao consumidor.

Dificuldades respiratórias, destruição da vegetação e acidentes não são os únicos problemas causados pelas queimadas. O desligamento de linhas de transmissão pode impactar diretamente em hospitais e serviços essenciais, o que aumenta a preocupação em tempos de pandemia.

via Jornal Folha Regional

Shark News by Shark Themes