O governador Romeu Zema (Novo) escolheu o nome de Guilherme Augusto Duarte de Faria, secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede), para ser o novo presidente da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais). Faria vai substituir o atual presidente da empresa, Carlos Eduardo Tavares de Castro.

Faria tem proximidade com a área de saneamento. No início do governo Zema, ele ficou em 2º lugar no processo seletivo para o cargo de diretor-geral da Arsae, agência responsável por regular e fiscalizar os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Minas Gerais.

O escolhido para presidir a Arsae foi o advogado Antônio Claret Júnior, que está no cargo até hoje. Claret foi sondado pelo governo para ser o novo presidente da Copasa, mas as conversas não avançaram porque, pela legislação, ele teria que cumprir quarentena de um ano antes de assumir o posto.

Na Sede, Faria atuou próximo do secretário de Estado da pasta, Fernando Passalio, nos últimos três anos. A reportagem entrou em contato com o Governo de Minas para confirmar o nome de Faria na presidência da Copasa e aguarda retorno.

Mudança

A busca por um novo presidente da Copasa teve início na semana passada, quando o governador Zema comunicou a direção da estatal sobre a decisão de substituir o atual presidente da empresa, Carlos Eduardo Tavares de Castro.

A decisão foi tomada em reunião extraordinária do Conselho de Administração realizada na última sexta-feira (17). Castro permanecerá no cargo até que o seu sucessor seja nomeado.

Via O Tempo

Shark News by Shark Themes