De acordo com o chefe de Vigilância em Saúde, da Prefeitura de Carmo do Rio Claro, Ederaldo Leandro, o município possui uma população de 7 mil cães, sendo que cerca de 10% deles estão abandonados. Disse que houve um aumento do abandono de cães durante o período de pandemia.

Ederaldo participou da reunião da Câmara Municipal na noite desta segunda-feira (13). Ele ressaltou ser contra canil. Disse que a ASF (Associação São Francisco), tem atualmente 204 cães e que gasta cerca de R$ 10 mil por mês com ração.

Sobre os ataques de cães, Ederaldo disse que do ano passado pra cá recebeu apenas 2 notificações e que as reclamações não chegam até ele. O vereador Wilber Moura pediu que a prefeitura divulgue um número nas redes sociais para que as pessoas possam entrar em contato.

A vereadora Najara Ávila comentou sobre a implantação de microchips de identificação nos cães. Disse que o custo é baixo para a Prefeitura e que seria a melhor solução no momento. Pediu também a vinda do Castramóvel, da AMEG. Ederealdo disse que está previsto para agosto a vinda do equipamento e que deve realizar cerca de 500 castrações.

Shark News by Shark Themes