O registro de queimadas nas margens da MG-050 teve um aumento significativo no mês de agosto, mais de 12%, comparado com 2019.

No último mês, foram recebidas 63 ocorrências, já em agosto de 2019 foram registradas 56. As queimadas, consequentemente, deixam fuligem espalhadas por todo lugar, e as vegetações totalmente destruídas. Embora grande parte dos incêndios serem de origem criminosa, o vento e a vegetação seca fazem com que o fogo se espalhe mais rápido e com mais facilidade.

Outro risco causado pelos incêndios são as nuvens de fumaça que se formam na pista, fazendo com que os motoristas percam totalmente a visibilidade da rodovia. Nessa situação, o mais indicado é que o motorista diminua a velocidade, evitando ultrapassar e frear bruscamente. Depois que sair da fumaça, procurar um lugar tranquilo para estacionar e acionar o Corpo de Bombeiros.

Shark News by Shark Themes