“É com muito amor que assumo a nova função. A Afipe é uma entidade de evangelização e propagação do amor ao Divino Pai Eterno e eu unirei forças a toda equipe da associação nesta missão e certamente faremos o possível para que a devoção alcance ainda mais corações por este mundo. Chego para somar, portanto, contem comigo para o desenvolvimento e crescimento desta obra, desta família de amor, que só tem motivos para prosperar”, afirma Pe. André Ricardo.

Ele assume a Associação depois do afastamento de Padre Robson que teve seu nome envolvido em escândalos de desvios de dinheiro no qual chegou a ter a sua prisão pedida, porém, negada pela justiça.

Pe. André nasceu na Cidade de Goiás (GO) no dia 1º de dezembro de 1980. Ingressou no Seminário Redentorista Padre Pelágio, em Trindade (GO), em 15 de janeiro de 1999. Sua profissão religiosa como Missionário Redentorista ocorreu em 29 de janeiro de 2005. A ordenação diaconal foi realizada em 29 de março de 2008, no Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, e a presbiteral aconteceu em 29 de novembro do mesmo ano, na cidade de Mossâmedes (GO).

É graduado em Filosofia e Teologia no Instituto de Filosofia e Teologia de Goiás (IFITEG). Foi colaborador em diversas etapas da formação de novos redentoristas, de 2008 a 2010, quando foi reitor do Seminário São José, em Goiânia; e em 2011, como mestre de noviços. Foi também diretor administrativo do IFITEG, em 2010.

Na pastoral, foi vigário paroquial na cidade de Vila Rica (MT) entre os anos de 2012 e 2013. Depois, atuou como pároco entre 2014 e 2017. No período de 2015 a 2016, foi coordenador de pastoral na Prelazia de São Félix do Araguaia (MT).

Pe. André Ricardo colaborou também no Governo da Província de Goiás, como conselheiro, entre 2011 e 2014, e foi presidente da Fundação Pe. Pelágio, mantenedora da Rádio Difusora de Goiânia, no ano de 2011. Foi eleito Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás e ocupará o cargo até o fim de 2022.

Shark News by Shark Themes