A Polícia Militar de Carmo do Rio Claro iniciou neste domingo (11) uma operação policial no Aterro Santa Quitéria. O objetivo é evitar aglomerações, brigas e acidentes tanto na água como principalmente na rodovia devido a proximidade de um dos estabelecimentos existentes no local.

Nos últimos finais de semana, no aterro Santa Quitéria vinha sendo registrado um grande número de pessoas fazendo uso de bebida alcoólica, som alto nos veículos e pedestres atravessando a pista causando risco para suas vidas e dos motoristas que ali transitam.

Na última quinta-feira, 08, a Polícia Militar realizou uma reunião entre os proprietários de bares e restaurantes no Aterro Santa Quitéria para discutir o plano de ação que seria colocado em prática a partir deste final de semana contra as constantes aglomerações que estão ocorrendo no local especialmente aos domingos.

Hoje a PM já está presente com várias viaturas e poderão ocorrer prisões de veículos e de pessoas que desobedecerem as ordens. “Não vamos aceitar baderna, som alto e bebedeira, o aterro Santa Quitéria estará a disposição apenas para pessoas de bem”, ressaltou o tenente.

Segundo Clemente, o objetivo dessa operação é agir antes que uma tragédia aconteça no local tanto em função de brigas, acidentes com automóveis ou até mesmo por afogamento.

A Polícia Militar sugeriu aos comerciantes do aterro que seja evitada a venda de bebida alcoólica em garrafa e que sejam instaladas placas de aviso proibindo som automotivo.

Os comerciantes também fiscalizados quanto ao cumprimento dos decretos municipais de distanciamento relacionados a pandemia da COVID-19.

Shark News by Shark Themes