A Polícia Militar de Carmo do Rio Claro realizou ontem, 08, uma reunião entre os proprietários de bares e restaurantes no Aterro Santa Quitéria para discutir um plano de ação que será colocado em prática a partir deste final de semana contra as constantes aglomerações que estão ocorrendo no local especialmente aos domingos.

De acordo com o Tenente Clemente Alves Filho, a PM vai estar presente com várias viaturas e poderão ocorrer prisões de veículos e de pessoas que desobedecerem as ordens. “Não vamos aceitar baderna, som alto e bebedeira, o aterro Santa Quitéria estará a disposição apenas para pessoas de bem”, ressaltou o tenente.

Segundo Clemente, o objetivo dessa operação é agir antes que uma tragédia aconteça no local tanto em função de brigas, acidentes com automóveis ou até mesmo por afogamento.

A Polícia Militar sugeriu aos comerciantes do aterro que seja evitada a venda de bebida alcoólica em garrafa e que sejam instaladas placas de aviso proibindo som automotivo.

Os comerciantes também fiscalizados quanto ao cumprimento dos decretos municipais de distanciamento relacionados a pandemia da COVID-19.

Veja mais detalhes na reportagem:

Shark News by Shark Themes