180 desses equipamentos teve o custo de R$6.180,00 mil cada e os 20 mais potentes custaram R$7.385,00 cada um.

A Prefeitura de Passos fez uma compra de 200 computadores da marca Dell. As máquinas servirão para atender diversas secretarias do município e foram adquiridos através de um Processo de Licitação na modalidade adesão de ata – foram duas atas do Município de Sabará. Na primeira remessa chegaram 90 computadores, na próxima semana já está prevista a chegada de outros 110. O recurso no valor total de R$1.260.100,00 para a aquisição dos equipamentos foi utilizado recursos próprios, oriundos do superávit da prefeitura.

De acordo com o Diretor do Departamento de Informações e Estatísticas Municipais (Departamento de T.I), Rafael Orsolini, os equipamentos foram adquiridos para melhorar o parque de máquinas da prefeitura como um todo. “Esses equipamentos serão distribuídos para todas as secretarias do município visando melhorar a eficiência do funcionalismo público e, consequentemente, melhorando o atendimento a toda população de Passos. Estes equipamentos são todos da marca Dell, uma das maiores fabricantes de computadores a nível global que tem sua marca devidamente fixada em todos os mercados, tanto corporativo, quanto o doméstico”, disse.

O diretor explicou ainda, que foi realizado um levantamento prévio o qual foi verificada a real necessidade de fazer tal melhoria, haja vista que a grande maioria dos equipamentos está muito sucateada e desatualizada. “A última compra grande de computadores visando atender diversas secretarias, tem mais de 10 anos. E, equipamentos desse porte, com essa capacidade e qualidade a prefeitura nunca adquiriu. Esta é a primeira vez que é feita uma aquisição de equipamentos de informática com esse calibre de potência e qualidade de montagem, outro item importantíssimo a ser dito, é no tocante à garantia, que é de 3 anos (36 meses) para qualquer dano de hardware. Dessa forma, a prefeitura não terá ônus algum com esses equipamentos, caso haja problemas em alguma peça durante a vigência da garantia”, informou.

Tanto a montagem, quanto as configurações e instalações serão feitas pelos profissionais do departamento de T.I da prefeitura (DPD). A distribuição será feita conforme a demanda já levantada previamente. “Algumas secretarias serão contempladas com mais equipamentos porque necessitam de mais máquinas e onde as máquinas estão mais sucateadas. Outras secretarias terão o recebimento de um quantitativo um pouco menor, baseado no atual cenário de seu parque tecnológico de informática”, complementou Orsolini.

A prefeitura fez um cronograma de instalação e os equipamentos serão trocados gradativamente. “Cada equipamento que nós retiramos da secretaria/departamento, temos que instalar o novo e configurá-lo para função exercida pelo servidor do equipamento, tal processo é um pouco complexo e moroso, mas essas trocas acontecerão, provavelmente a partir da próxima semana quando todos os equipamentos já estiverem recebido as identificações de patrimônio”, salientou.

Orsolini pontuou até mesmo a diminuição nos gastos com energia. “Esses computadores são de ultima geração e geram ganho de eficiência energética muito maior, então, o consumo de energia do município deverá ser reduzido, devido os equipamentos mais antigos consumirem mais energia”, disse.

Desse total de equipamentos, 20 possuem mais potência, uma configuração mais robusta. O diretor contou que estes serão destinados para algumas funções específicas, como para engenheiros da Secretaria de Obras, alguns servidores da Fazenda e para o departamento de informática, onde a demanda por maior poder de processamento e potência se faz necessário. “O maior quantitativo, 180 desses equipamentos teve o custo de R$6.180,00 mil cada e os 20 mais potentes custaram R$7.385,00 cada um, sendo o valor total da compra de R$1.260.100,00”, confirmou Orsolini.

Para o Secretário Municipal de Planejamento, Edson Martins a compra conjunta é uma modalidade que faz aumentar o poder de compra, diminuindo assim o preço do produto e realmente para uma administração moderna, são necessários equipamentos competentes.

O Prefeito Diego Oliveira não mediu esforços ao autorizar a compra orientando que fossem feitas pesquisas para conseguir os melhores produtos pelo menor preço. “Nossa equipe é competente demais e de forma célere conseguiu encontrar uma forma dentro da legalidade para esta compra. Estamos fazendo tudo pensando na melhor condição de trabalho para o nosso servidor e, consequentemente, uma melhor prestação de serviços para o nosso munícipe. Progresso se faz com mudanças e é neste caminho que acreditamos e estamos todos da administração buscando sempre o que for melhor para o passense”, finalizou.

Fonte: Prefeitura de Passos 

Shark News by Shark Themes