A Polícia Civil investiga um  vereador de Varginha denunciado por meio de divulgação em redes sociais, que estaria espionando mulheres enquanto trocavam de roupa, em um banheiro do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic).
Segundo a polícia, uma das vítimas relatou, em uma postagem publicada em rede social, que ela estaria assistindo a um jogo de basquete do namorado, no último domingo (25), quando o suspeito a abordou convidando-a para integrar uma equipe de vôlei. Nesse instante, ofereceu a ela um uniforme, que teria de ser experimentado ali, naquele momento.
Segundo a vítima, enquanto se trocava, ela percebeu uma movimentação estranha no teto e, ao conferir, constatou que havia um buraco que era usado pelo suspeito para observá-la.
O fato ganhou as redes sociais, o que motivou outras vítimas, inclusive uma adolescente, a relatarem que também teriam passado pela mesma situação, em outras datas.
Nesta segunda-feira (26), policiais civis e militares foram à casa do vereador, onde localizaram uma espingarda calibre 12, de origem turca, sem registro. Nas investigações, descobriram que o suspeito tinha um cômodo no Caic, o que lhe facilitava o acesso ao teto do banheiro feminino.
Os levantamentos feitos pela perícia apontaram que ele usava um banco, que estaria nesse cômodo, para acessar o teto e chegar ao ponto em que havia uma fenda, por onde observava suas vítimas.
Via Estado de Minas

Shark News by Shark Themes