Uma embarcação escuna de madeira de 17m de comprimento com 4 pessoas a bordo, sendo os 3 tripulantes e 1 passageiro (garçom da escuna), encalhou propositalmente na manhã deste sábado (06), no Lago de Furnas, no município de Capitólio.

O barco saiu às 10h40, das proximidades da Marina Mar de Minas, com destino a um flutuante, quando os tripulantes perceberam um alagamento. O condutor, Marinheiro Fluvial de Convés Cristiano, decidiu encalhar propositalmente a embarcação para evitar um possível naufrágio.

Foi verificada a documentação da embarcação e dos tripulantes, todas em situação regular perante a Autoridade Marítima. O barco continua no local e não há risco de poluição hídrica.

A MB instaurou inquérito administrativo para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. Concluído o inquérito e cumpridas as formalidades legais, o mesmo será encaminhado ao Tribunal Marítimo, que fará a devida distribuição e autuação, o qual dará vista à Procuradoria Especial da Marinha para que adote as medidas previstas no Art. 42 da Lei nº 2.180/54.

A Delegacia Fluvial de Furnas acompanhará as ações necessárias para a reflutuação e remoção da embarcação do local, de responsabilidade de seu proprietário.

Via Jornal Folha Regional.

Shark News by Shark Themes